Chamada aberta

Nós, da Brava, optamos por aliar esta chamada a um processo curatorial, no qual vamos identificando as produções e selecionando o material que será publicado. Durante o processo, nos guiaremos por uma noção de pluralidade, atentas à amplitude de vozes que compõem a produção contemporânea nordestina e nortista. Então, ao enviar o seu material, ele passará por uma leitura da nossa equipe e, caso seja selecionado para publicação, nós entraremos em contato por e-mail.

Para fazer parte da Brava, é preciso que você tenha um vínculo de nascimento ou residência com o Norte ou com o Nordeste do Brasil. Caso não seja nascida em nenhuma das duas regiões, é necessário que:

- Resida na região há bastante tempo, tendo grande parte da sua trajetória pessoal/profissional/artística/afetiva construída nestes espaços.
e/ou
- Seja agente cultural ativa no espaço em que reside.


Os critérios são formas de amarrar o mapeamento para que não surjam lacunas em nossas dinâmicas, mas não são excludentes em termos de expandir o debate sobre o assunto. A nossa vontade é continuarmos inquietas diante do que significa o afeto, o pertencimento e a construção do sujeito dentro de uma paisagem.

Obrigada por querer fazer parte da nossa rede!

pedra5.png